EnglishPortugueseSpanish
Fone: (11) 3059-2090 comercial@abioptica.com.br Av. Rouxinol, 60 – conj. 909 –
Fotooo

Celular e colírio em excesso podem prejudicar a visão

Médico oftalmologista Januário Vitor Festa traz orientações para cuidar dos olhos

Está enxergando embaçado ou com dificuldade de leitura? Isso pode ser um sinal sua visão não está 100%. O médico oftalmologista Januário Festa, do Albert Sabin Hospital e Maternidade, alerta sobre alguns hábitos que podem estar prejudicando seus olhos.

Entre os principais alertas está sobre o uso dos aparelhos celulares. Com o avanço da nanotecnologia, os aparelhos estão cada vez menores, bem como o tamanho de suas telas, letras e número.

“Um hábito de pessoas de todas as idades e que vem fazendo mal aos olhos humanos é o uso da mídia cada vez com aparelhos de menor tamanho, forçando a visão para perto isso vem envelhecendo a visão dos pacientes mais precocemente”, explica o médico.

Outro hábito ruim é o de coçar os olhos. Dr. Januário alerta que pacientes com quadros alérgicos crônicos podem inclusive desenvolver ceratocone, que é uma doença degenerativa da córnea.

Para quem usa colírio com frequência, o médico faz uma ressalta. O uso indiscriminado, sem prescrição médica, pode causa cegueira e até provocar alguma alteração sistêmica, atingindo o sistema cardíaco, pulmonar, levando à morte do paciente.

Cuidados

  • E se você quer cuidar bem dos seus olhos, Dr. Januário traz algumas orientações:
  • Usar óculos escuros quando exposto ao sol para filtrar os raios ultravioletas;
  • Não coçar os olhos;
  • Não usar colírios sem prescrição médica;
  • Fazer uso frequente de lágrimas artificiais na forma de colírios lubrificantes;
  • Evitar usar o celular e tabletes por horas seguidas em períodos de descanso
  • E visitar seu oftalmologista anualmente e sempre que necessário.

“Muitas doenças não são percebidas com alguma alteração na visão do próprio paciente e sim, são detectadas preventivamente no exame de rotina, como glaucoma, monovisão alguns tipos de estrabismos, ambliopia e outras patologias. Por isso é importe passar por uma consulta com o oftalmologista periodicamente”, salienta.

Dr. Januário Vitor Festa é mestre em Oftalmologia pela UNIFESP, membro da Academia Americana e Pan Americana e do Conselho Brasileiro de Oftalmologia – CRM. 69535

Buscar